Compartilhe

Silicone no bumbum: especialista explica detalhes da cirurgia.

Postado em 28/06/21
Silicone no bumbum: especialista explica detalhes da cirurgia.

Entenda como o implante de prótese no bumbum pode ser realizado. 

O silicone é um dos produtos mais versáteis para as cirurgias, já que podemos trazer um resultado satisfatório para os pacientes mais diversos, de acordo com o tamanho, perfil ou tipo de prótese. 

Mas ao contrário do que muitos pensam, não é apenas nos seios que o silicone pode ser utilizado. 

Algumas pessoas podem ter indicação para o silicone no bumbum. 

Conversamos com o Dr. Agnaldo, cirurgião plástico, para saber em quais casos a cirurgia é indicada, quem pode colocar a prótese e quais as vantagens da Gluteoplastia. Acompanhe: 

GLUTEOPLASTIA: a colocação de silicone no bumbum 

 

Gluteoplastia de aumento tem o objetivo de modelar e aumentar o bumbum. 

Geralmente, a anestesia é definida após a avaliação do anestesista e pode ser ráqui, peridural (ambas com sedação associada) e até geral caso haja indicação. 

A prótese costuma ser inserida no músculo glúteo máximo, em posição anatômica. 

Além disso, a cirurgia quase não deixa cicatrizes, já que a incisão é realizada entre os glúteos, na altura do cóccix. 

Por isso, dificilmente a cicatriz será aparente. 

Quanto à duração, em média varia de uma hora e meia a duas horas, logo após o paciente vai para sala de recuperação anestésica e, em seguida, pode ir para o quarto. 

A Gluteoplastia tem indicações precisas, normalmente a pacientes com glúteos muito pequenos, com flacidez ou achatados. 

Também vale lembrar que a Gluteoplastia é indicada em casos em que uma lipoenxertia não seria possível, devido a paciente não ter área doadora. 

Ou seja, o silicone só é indicado nessa região quando a paciente não teria de onde retirar gordura, para enxertá-la no bumbum. 

As Próteses 

A escolha do silicone dependerá da vontade do paciente, junto da indicação do cirurgião. 

Ou seja, o paciente poderá indicar qual volume gostaria, e o médico irá verificar se as condições anatômicas do paciente são favoráveis, e principalmente, qual o melhor formato de prótese, para que o resultado final fique o mais natural possível. 

Nesse caso, as próteses podem ser semiesféricas (redondas) ou trapezoides (ovais). 

Além disso, o material das próteses deve ser aprovado pela ANVISA, e sua superfície texturizada ou lisa. 

Dessa forma podemos evitar casos de rejeição da prótese pelo organismo de quem a recebe. 

Será necessário trocar esse silicone? 

Da mesma forma que as próteses mamárias, o silicone nos glúteos terá uma validade média de 20 anos. 

Após esse período, o cirurgião solicita exames de ultrassom e ressonância magnética, por exemplo, para verificar se há ou não necessidade de trocar o implante. 

O que não posso deixar de dizer aos meus pacientes: 
  • Que eles não poderão receber injeções glúteas, pois há risco de perfuração; 
  • Explicar o passo a passo do pós-operatório (cuidados com a alimentação, só retornar as atividades após 30 dias, etc.); 
  • Riscos de rejeição da prótese (que são mínimos, com exceção de casos de contratura muscular); 
  • Cuidados específicos com a incisão e necessidade de uso de cinta e de realização de drenagens linfáticas. 

ONDE POSSO ESCOLHER A MELHOR PRÓTESE? 

Quando você precisar de próteses de silicone, há alguns aspectos dos quais não pode abrir mão. 

Por exemplo, de adquirir produtos aprovados pela ANVISA, preservado nas condições ideais, se atentar à procedência da prótese, etc. 

Para facilitar para você, a Chris Medic oferece as melhores marcas do mercado, e entregamos em todo o Brasil. 

Converse com nossos consultores para saber qual a melhor prótese para seus procedimentos, ou acesse o site e conheça nossos produtos. 

Fale Conosco (62) 3086-2519